quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Penso
Ha outra alma, outro alguém
Perdidamente solta na entrega dos sentidos
No calor
quente....
No beijo doce e perpétuo
Pergunto-me...
Sou duas?
Quando a minha mente vagueia
Por este trilho desconhecido
Por este caminho incerto
Dessa nossa loucura louca
E divinamente incerta
Sentes???
Sentes meu suor?
frio...

Um comentário:

Caloã Novellino disse...

Minha nossa,
te juro que tenho dificuldade de entender versos.

Mas senti esses. E haja loucura hein!

ps.: Como vc achou o blog?

Bjins.