terça-feira, 18 de setembro de 2007

esperei sozinha

Não sabes qual é a sensação
Como dói de doer
Como queima!
Mas às vezes tenho frio
E choropara me aquecer com o calor das lágrimas
Não percebes que estou triste demais para estar contigo
(e não consigo estar sozinha, comigo)

2 comentários:

Maria disse...

Olá Lucy.
Obrigada pela visita ao meu cantinho,também gostei muito do teu e vou voltar sempre que o tempo de deixar.
Também já tive a sensação do vazio. e hoje talvez... a minha alma esteja devota no silêncio.
Beijinhos e um sorriso
Maria

Secreta disse...

por vezes as lágrimas são o nosso único conforto.
Beijito.