sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

esse blog morreu

3 comentários:

Rui Carlo disse...

Você é imorrível, imatável, imortal
Não mate, te imploro, o caminho
que nos conduz a tão delicioso lugar,
não permita que o pedaço de tualma
que se abre para tantos
morra...
quais palavras e gravuras,
me inspirarão se matares
o caminho que me leva a ti
com tanta frequencia?

Amaral disse...

Não devia "morrer"!
Este blog devia RENASCER!
Andas meio perdida... - assim começavas ontem! Mas o rumo nunca sai so sítio. Apenas yu (nós), não notamos, por vezes, que ele ali está. Sempre esteve.
Pode o vento tocar-te para uma direcção diferente da sonhada. Mas sempre tem um jeito de agarrá-lo e dar-lhe um "toque" de amor.
Dá cor ao teu blog! Dá-lhe a vida que ele está a pedir!
E dá um sentido a tudo o que te pertence!
Parar, nunca!
Recomeçar, sim!!!
Na vida, na natureza, nada se perde!
Tudo muda, recomeça, transforma!
DÁ A TI O QUE É DE TI!!!

pornografo disse...

HUMPF!