sexta-feira, 23 de novembro de 2007

As vezes tento entender quem sou. Como sou? O que procuro? As vezes não me sinto. Talvez porque na verdade não sou a mulher que aparento…talvez por que tudo que acontece me redimensiona, modifica...O ácido me corrompe a cada dia. Patético…Poético? Não sou covarde, apenas nao sei quem sou… Descobri que não sei amar. Na verdade nem tenho ideia do que é amar…Vivo apegada. Acostumada. Resignada. Mas não amo. Não me apaixono. Sou prisioneira do meu egoismo. Me esqueci de aprender a amar… Talvez um dia... Hoje ainda não. "Somos frutos da paisagem em que vivemos; ela dita nosso comportamento e até nossos pensamentos, na medida em que reagimos a ela". (Laurence Durrel)

Um comentário: